Não tem nada de importante para fazer, Sr Presidente?

Nota introdutória. Este é um artigo de opinião escrito por Ricardo Silvestre, dos Democratas.

Como se não houvesse mais nada que precise de ocupar o tempo e a mente (ou o que sobra dela) do Presidente dos Estados Unidos, ficámos a saber que Trump fez uma lista 11 “prémios” de “fake news”, atacando assim a imprensa livre, um dos baluartes dos Estados Unidos.

gop

Fake news significa para a actual Casa Branca, GOP, e máquina propagandista que suporta as duas coisas (FOX-News, Breitbart, etc) “qualquer notícia com que não estamos de acordo, ou que de alguma maneira mostra aquilo que realmente somos e não queremos que ninguém note.”

Read More

O processo de Impeachment do 45º Presidente dos Estados Unidos da América

Nota introdutória. Este é um artigo de opinião escrito por Ricardo Silvestre, dos Democratas.

Em quase duzentos e quarenta anos, a América teve quarenta e cinco presidentes e três processos de destituição, ou “Impeachment”. Nenhum desses processos levou ao afastamento do Presidente, sendo que o mais próximo foi a demissão de Richard Nixon. Gene Healy, do CATO Institute acha que “ É difícil dizer que é histórico que nunca tenha havido um Impeachment de um presidente… é mais fácil dizer que não iniciamos esses processos vezes que cheguem”.

impeach

E é preciso chegarmos à era Trump para vermos serem submetidos artigos para destituição, Articles of Impeachment no original, de um Presidente dos Estados Unidos na Casa dos Representantes.

Read More

Um ano de Administração Trump

Nota introdutória. Este é um artigo de opinião escrito por Ricardo Silvestre, dos Democratas.

Agora que temos um ano de Presidência Trump, vale a pena fazer uma pequena retrospectiva sobre o que têm sido o equivalente a estar numa “montanha Russa” (sim, o trocadilho é de propósito), onde alternámos entre receios legítimos que a Casa Branca, e a maioria Republicana, vão arruinar os Estados Unidos de uma forma irrecuperável, e o alívio de perceber que essas mesmas pessoas são tão incompetentes que não conseguem destruir o que está feito, o que é consideravelmente mais fácil do que ter de governar uma nação como a América.

trumroller

Read More

Presidente Trump e os Elefantes cobardes

Nota introdutória. Este é um artigo de opinião escrito por Ricardo Silvestre, dos Democratas.

Numa entrevista ao New York Times, a semana passada, o Presidente dos Estados Unidos “ventilou” a hipótese (seguramente como um trial balloon, recomendado pelos seus advogados) de impedir a investigação que está a ser liderada pelo Procurador-Especial Robert Mueller, ou até mesmo, obrigar o Department of Justice (DOJ) a despedir Bob Mueller. E soube-se, no mesmo dia, que os advogados de Trump, a mando deste, andam a investigar se o Presidente tem poderes para perdoar-se a si, e a membros da sua Administração e família, de algum processo criminal onde possam ser indiciados.

Isto, na mesma altura que foi tornado público que Donald Trump Jr aceitou comparecer numa reunião, com alguém associado ao governo Russo, e com uma troca de e-mail onde o “assunto da mensagem” era… Russia – Clinton – Private and Confidential!!

A resposta do Jr? “Se é aquilo que diz, eu adoro, especialmente na parte final do verão.”

Read More

O Trumpismo e as eleições na Europa

Nota introdutória: este é um artigo de opinião escrito por Ricardo Silvestre, dos Democratas.

Das poucas (muito poucas) coisas boas que se pode tirar da eleição de Donald Trump para Presidente dos Estados Unidos, uma delas tem sido o efeito (juntamente com o Brexit, e com o “sentimento de culpa” que esse voto causou no Reino Unido) no despertar de consciências para as consequências de, na política, se tomar… vamos dizer, más decisões.

O desastre que temos visto do outro lado do Atlântico, a juntar à cada vez mais clara influência que a Rússia tenta ter em processos democráticos no ocidente, fez com que os votantes, a imprensa, e até mesmo os aparelhos políticos, começassem a assumir uma posição muito mais crítica, e vigilante, sobre as intenções que certos partidos têm (de uma forma mais, ou menos, declarada) para governar os seus países, ou a Europa.

conc

Read More

100 dias de Administração Trump e uma nova iniciativa dos Democratas

Nota introdutória: este é um artigo de opinião escrito por Ricardo Silvestre, dos Democratas.

Apesar de ser um “marco” totalmente artificial (muito graças à imprensa), os 100 dias de uma qualquer Administração na Casa Branca tem servido de barómetro, mesmo que muito inicial, de como está a correr a Presidência, assim como a governação dos Estados Unidos da América.

Já é sobejamente conhecida a nossa opinião em relação ao senhor Donald J. Trump. Porém, e agora passados estes 100 dias, e usando uma expressão dos nossos amigos Americanos, dá vontade de dizer “well…I told you so” (não na opinião de Donald Trump –  e dos seus votantes – que pelo contrário afirmam que “no Administration has done more in the first 90 days”).

rasty

Crédito para Pat Byrnes do New Yorker

Read More
Search